Vencendo os Limites da Alma - Parte 1

September 4, 2017

Ministração de célula- semana 04 a 10 de setembro de 2017

 

Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou.” (Romanos 8:37)

 

Vencer é o desejo de muitos e o desafio de todos. E, em Deus, temos a promessa de que somos mais que vencedores! Só que, para vencer, há um trajeto a ser percorrido e desafios a serem galgados, dentre eles, os limites da alma. Neste estudo, quero convidar você a se reavaliar. Reavaliar suas atitudes, seu modo de pensar, de agir, de falar. Penso que você acredita que recebeu uma chamada de Deus para mudar não apenas a história da sua vida, mas também a história de todos aqueles que passarem por você.

 

Para cumprir essa chamada com o êxito que a Palavra oferece, precisamos nos permitir ser tratados nas áreas de debilidades. Os que não se submetem ao tratamento não vencem os limites da alma, vivem frustrados e acomodados com a vida que têm. Quem busca vencer os limites da alma luta por mudanças que acontecem não de fora para dentro, mas de dentro para fora. Mudam suas atitudes, vencem desafios, trabalham arduamente e são honrados pelo Senhor.

 

UMA ALMA AJUSTADA

Quando nos convertemos e entramos no processo de Cura Interior, da renovação de nossa mente descrita em Romanos, recebemos de Deus uma alma nova. Essa alma nova nos faz compreender quem somos em Deus. “Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.” (Romanos 12:1,2)


Tudo em nós muda. A Bíblia diz que as coisas velhas já passaram e tudo novo se fez. “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.” (II Coríntios 5:17). Isso implica em mudança de atitude, em ter uma nova vida em todas as áreas e aprender a vencer os limites diários que a vida impõe.

 

De imediato, mudamos o conceito que temos sobre nós mesmos. Nossa vida passa a manifestar a glória de Deus por onde passamos. Quem não consegue se vencer e receber essa alma nova não consegue se ver pela ótica bíblica. Logo, não acredita que pode ser usado por Deus para mudar as circunstâncias e situações. Você precisa conhecer o potencial que existe dentro de você. Só vencemos os limites da alma quando entendemos que a alma é uma parte importantíssima do nosso ser e requer cuidados especiais, tanto como o nosso físico e espírito.

 

A CAPACIDADE DA ALMA

Não sabemos do que a alma é capaz nem nos damos conta do quanto somos motivados por ela. Acertamos e erramos a partir de uma alma que decide entrar em profundas reflexões para mudança ou continuar na sua própria vontade, sem crescer. Cada ser humano é responsável pelo que deixa ou não entrar pelas janelas da alma. Fechar ou abrir a alma nos momentos certos é agir com inteligência e não se deixar ser vencido pelos conceitos deste mundo, conceitos, muitas vezes, até demoníacos, bem como outros criados por nós mesmos.

 

A alma é profundamente inteligente. Isso significa que essa vasta inteligência poderá ser usada para o bem ou para o mal e que haverá sempre uma guerra entre emoção e lógica. A capacidade da alma pode até nos enganar sobre o fato de que já resolvemos uma situação, quando isso não é verdade. Na verdade, a alma encontra subterfúgios para não ser confrontada nem receber tratamento de caráter. A melhor forma de lidar com a alma é fazendo com que ela receba os princípios de Deus e não absorva os padrões do mundo. Saturando a alma de Bíblia, vencemos o século e não somos destruídos pelas fortalezas do engano que desejam prender a alma.

 

ORDENANDO AS EMOÇÕES

A alma precisa ser ordenada nas emoções. Quando isso não acontece, a alma fica adoecida e, pior, traumatiza relacionamentos, ferindo aqueles com quem convive. Se a alma não é tratada, os níveis de doenças emocionais podem levar à queda os que estão por perto, pois esses não têm obrigação de administrar mazelas. Se queremos ter emoções ordenadas, ajustadas, precisamos recorrer à Bíblia, respeitar os Princípios Bíblicos e buscar em Deus a solução que está ao nosso alcance. Não há outra forma de proteger a alma e ordenarmos as emoções se não for pela Palavra de Deus que tem resposta para todas as dúvidas e dívidas emocionais. Meditar nos livros bíblicos diariamente, com prazer, como está escrito no Salmo 1, é viver o que a Bíblia diz e não que achamos ou pensamos.

 

Ordenar as emoções não é uma proposta, é a proposta divina para andarmos renovados no Senhor e na força do Seu poder. Assim viveremos todas as Suas promessas. “No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo. Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes.” (Efésios 6:10-13)

 

Quando entendemos a necessidade de colocarmos em ordem nossas emoções, que envolvem relacionamentos, atitudes e palavras, alcançamos êxito em tudo o que fazemos e conseguimos agir com inteligência emocional, maturidade e sabedoria.

 

Continua...

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • unnamed
  • Flickr Social Icon
  • YouTube Social  Icon
dízimos e ofertas

BANCO DO BRASIL 
Agência: 1887-2
Conta corrente: 7750-X


CNPJ: 02154477000157
Primeira Igreja Batista
Independente do Setor P-Sul

siga a ibpaz
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon
pedidos de oração

© 2018 IBPAZ - Igreja Batista da Paz. Desenvolvido por Agência Metanoia