Ser curado para mergulhar em Deus - Parte Final

July 3, 2017

Ministração de célula – semana 03 a 09 de julho de 2017

 

 

Cura-me, Senhor, e serei curado; salva-me, e serei salvo; e te darei o perfeito louvor.” (Jeremias 17:14)

 

Nunca se ouviu falar tanto em Cura Interior como em nossos dias. Graças a Deus, por que Ele tem, cada vez mais, levantado homens e mulheres curados para curar outros através de suas experiências com o Pai. E como a obra de Deus é completa em nós, podemos dar o nosso grito, seguindo o profeta Jeremias que pediu para ser curado, demonstrando que a cura é uma extensão da salvação, à qual temos direito. Um ser humano, enquanto não  entende a necessidade de mergulhar na Cura Interior, também não consegue dar a Deus o perfeito louvor. A cura possibilita ter a mente renovada, como aprendemos no Encontro com Deus. E, mesmo hoje, independente dos níveis que já alcançamos e de tudo o que o Senhor já operou em nossas vidas, não podemos nos esquecer de Romanos 12:1,2. “Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos como um sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.”

 

3. REMOVER O VELHO PARA DAR LUGAR AO NOVO

Quando aceitamos Jesus, muita coisa muda em nós, para nós, e dentro de nós. Só que nem sempre conseguimos conceber, de imediato, o novo que o Senhor tem para nos entregar. Só recebemos o novo quando estamos abertos para remover o velho. Jesus disse que não se coloca remendo novo em pano velho, e o mesmo acontece conosco. “Ninguém deita remendo de pano novo em roupa velha, porque semelhante remendo rompe a roupa, e faz-se maior a rotura.” (Mateus 9:16) Há pessoas que querem viver o novo de Deus, mas mantêm os mesmos hábitos do passado, cometem os mesmos erros de teimosia de antes e acabam não conseguindo viver a plenitude do Reino. Para receber o novo, precisamos estar dispostos a abrir mão do que não nos faz bem, entendendo que o benefício é para nós e para os que convivem conosco. O velho e o novo não combinam no Reino porque Deus é um Deus de novidades. A Sua Palavra se renova em nós. Quando mantemos o velho, a mente fica confusa, constantemente perturbada e não conseguimos distinguir as situações de êxito que o Pai está nos oferecendo. O medo vem e assola nosso ser, causando paralisia e nos fazendo trocar o que é melhor pelo que é efêmero.

 

4. VOLTAR A SONHAR

Voltamos a sonhar os nossos sonhos pessoais e a receber os sonhos do coração de Deus quando nos submetemos ao processo da Cura Interior. Não ter sonhos e aspirações, viver acomodado e conformado, é postura de quem mantém a identidade da velha natureza, que ainda não alcançou a vida em abundância prometida em João 10:10. Quando entendemos que a vida que Deus tem para nós vai além do que já experimentamos, sentimos mais segurança para sonhar e realizar, porque muitos sonham, mas não realizam. Deus não quer apenas que voltemos a sonhar, Ele quer que cada sonho nosso, em linha com a Palavra dEle, seja realizado. E, para sonhar, precisamos abrir mão de todo medo e receio que assolam nossa alma e acreditar no nosso potencial. Sonhar faz bem para a alma, amplia horizontes, transforma vidas e nos faz viver em um estágio constante de expectativas, de que a qualquer momento se cumprirá o que estamos sonhando e buscando em Deus. Sonhar nos faz voltar a sorrir e acreditar no mais que a vida tem para oferecer àqueles que ousam viver os sonhos do coração do Pai.

 

6. USUFRUIR A VIDA

Há pessoas que vivem atormentadas, apegadas ao que não tem valor, quando deveriam usufruir melhor a vida. Se há uma promessa de vida em abundância e tantos outros benefícios que Jesus conquistou para nós, por que viver de uma forma miserável e escassa? Usufruir a vida é entender que você já herdou o Reino dos Céus e que pode viver aqui na Terra também de uma forma prazerosa, tendo a vida pautada nos Princípios Bíblicos e aproveitando a herança de filhos, andando como convém aos santos. Usufruir a vida é saber enfrentar as dificuldades, entendendo que em tudo podemos aprender, tirando lucro do prejuízo. E, para isso, precisamos ser curados, pois pessoas amarguradas são possuídas por uma incapacidade emocional que as empurra sempre para baixo, achando que não podem e que não vão conquistar. Se você se submete ao processo da Cura Interior, melhora a sua autoestima e se dá conta do valor que possui em Deus e para as pessoas que o amam. Isso faz com que você usufrua a vida de forma mais prazerosa, refletindo a imagem de Deus na Terra.

 

7. VIVER A CURA INTERIOR PARA MERGULHAR EM DEUS

Quando vivemos a Cura Interior, mergulhamos em Deus e vamos em frente cumprindo todos os Seus propósitos. Nossa vontade, que antes era enfraquecida, passa a ser guiada pelo Espírito Santo e vamos além, prosperando e multiplicando nossos talentos em outras pessoas que, assim como nós, precisam ser desatadas na mesma unção. Viver mergulhado em Deus nos faz romper cativeiros, vencer dificuldades, sair do nível de envelhecimento da alma, lutar contra a rejeição, saber aproveitar os tempos, épocas e estações e determinar que traumas não mais vão paralisar as nossas emoções. Quando mergulhamos em Deus, somos curados para realizar proezas em Seu nome. É chegado o tempo de compreendermos o que Deus quer fazer em nós através da Cura Interior, para não mais darmos lugar a cadeias, correntes, grilhões e demônios, insegurança, rancor, mágoa, ódio, timidez, inconstância, solidão... Tudo o que nos perturbava não terá mais acesso, porque fecharemos as portas da nossa alma. Os rios de Deus, as águas vivas que fluem do Trono, lavarão a nossa alma e removerão dela todo o mal. Estamos seguros nEle, porque decidimos mergulhar em Suas águas que limpam, purificam, restauram, restituem e nos levam a um caminho de êxito. E esse é o nosso legado. O desejo de Deus para nós é que vivamos mergulhados, não pela metade, mas completamente submersos. Assim, somos capazes de cumprir nosso chamado; de amar como gostaríamos de ser amados; de perdoar como queremos ser perdoados; de compreender outros como queremos ser compreendidos. Com certeza, viveremos o melhor tempo de nossas vidas, deixando que Jesus cumpra em nós o Seu querer e o Seu efetuar, conforme o Seu poder que em nós opera.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • unnamed
  • Flickr Social Icon
  • YouTube Social  Icon
dízimos e ofertas

BANCO DO BRASIL 
Agência: 1887-2
Conta corrente: 7750-X


CNPJ: 02154477000157
Primeira Igreja Batista
Independente do Setor P-Sul

siga a ibpaz
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon
pedidos de oração

© 2018 IBPAZ - Igreja Batista da Paz. Desenvolvido por Agência Metanoia